Glaucoma hoje é considerado uma das principais causas da cegueira irreversível em nossa população.

É uma doença de fácil prevenção e o exame para seu diagnóstico é simples e indolor.

A doença é causada pelo aumento da pressão do líquido que preenche o olho.Esta pressão, chamada de pressão intra-ocular, danifica o nervo óptico podendo levar a cegueira irreversível. 

Para entendermos: o olho contém um líquido(humor aquoso) que circula continuamente no seu interior. Este líquido é produzido constantemente e escoado por uma região denominada malha trabecular.

No caso do Glaucoma, há uma diminuição no escoamento deste líquido o que faz com que eles se acumule dentro do olho e provoque um aumento da pressão intra-ocular.

O paciente inicialmente não percebe que tem Glaucoma pois esta doença raramente apresenta sintomas.
Na maioria dos casos, o Glaucoma desenvolve-se lentamente quase que imperceptível. O diagnóstico precoce do Glaucoma só é feito em exame oftalmológico, especialmente após os 40 anos.

O risco de apresentar Glaucoma aumenta com a idade, sendo mais comun acima dos 40 anos. Assim, nesta faixa etária o indivíduo deve realizar o exame para excluir o Glaucoma. Esta doença pode também aparecer empessoas que têm parentes com Glaucoma indicando-se assim que parentes adultos de pessoas com este mal façam o exame oftalmológico. Pessoas com miopia, diabetes, raça negra e traumatismo ocular apresentam maiores chances de ter esta doença.

O principal objetivo do tratamento da doença é a pressão intra-ocular, diminuindo a produção ou aumentando o escoamento do humor aquoso. Assim interrompemos a lesão do nervo óptico e impedimos o paciente apresentar piora de visão.

Para diagnosticar e controlar o Glaucoma o oftalmologista realiza um série de exames, todos indolores.

EXEMPLO:

MEDIDA DA PRESSÃO INTRA-OCULAR
Através deste exame, o oftalmologista saberá se o individuo tem pressão intra-ocular normal ou alta. Em geral, considera-se normal valores entre 10 e 20 milímetros de mercúrio. A pressão intra-ocular varia durante o Dia, sendo necessário, muias vezes, medi-la em diferentes horários.


EXAME DO NERVO ÓPTICO
Através deste exame, o oftalmologista saberá se existe lesão do nervo óptico causado pelo Glaucoma.


 

EXAME DE CAMPO VISUAL OU CAMPIMETRIA
Através deste exame, detecta as percas no campo da visão e se estas percas ou defeitos progridem com o tempo.


Veja outros tratamentos