Este pode estar incrustado na córnea ou na conjutiva. ambos podem ocasionar dor intensa e infecção ocular.

- INCRUSTADO NA CÓRNEA : deve ser removido com auxilio de microscópio e material apropriado. Quando localizado fora da área corneana pode ser cuidadosamente removido por quem presta o atendimento.

- CONJUNTIVA : uma localização frequente é na conjuntiva tarsal superior ( atrás da pálpebra superior). Assim, presença de sintomatologia de corpo estranho, everter a pálpebra superior e examinar a conjuntiva palpebral e se confirmado o diagnóstico sua remoção nestes casos é simples com o uso de contenete. Nestes casos usa-se, após a remoção do corpo estranho, colírio de antibiótico.